A cor local dos provérbios

Benjamin Lee Whorf, língüista responsável pela Teoria do Determinismo Lingüístico, já dizia: “Cada língua recorta a realidade de um modo particular.”

A cultura abrange todas as formas de pensamento, vida e ação existentes dentro de uma sociedade, incluindo a comunicação verbal e, portanto, o próprio sistema lingüístico. Um único ato humano é diferentemente vivido e representado por diferentes sociedades.

Os provérbios procuram ilustrar como os mais diversos povos têm o mesmo pensamento, uma mesma idéia, mas tendem a expressá-los de modo diferente, de acordo com seus hábitos, com o meio ambiente, sua história, seus valores etc.

Um provérbio muito conhecido no Brasil é “De grão em grão a galinha enche o papo.” A mensagem é bem clara, mas em outras línguas, a mesma idéia é transmitida de formas diferentes. Vejam:

  • Em inglês: Little drops of water make the mighty ocean.
  • Em francês: Pouco a pouco o passarinho faz seu ninho.
  • Em italiano: De gota em gota se enche o mar.
  • Em alemão: A água que pinga escava a pedra.
  • Em russo: Fios de linha de todo o mundo podem fazer uma camisa inteira para um homem.
  • Em chinês: O exército de Fu Chien deteve o curso do rio quando cada soldado atirou lá dentro o seu chicote.
  • Em árabe: Um cabelo daqui, outro dali, finalmente fazem uma barba.

Assim, é importante que o tradutor não somente domine uma língua estrangeira, mas procure saber mais sobre os costumes de quem a fala.

One Comment on “A cor local dos provérbios

  1. Pingback: By the “letter’s foot” » Portal de tradução para tradutores » terminologia.com.br

%d blogueiros gostam disto: