Possible, probable e likely

Talvez pela agilidade ao escrevermos, e mais frequentemente ao falarmos, é comum não atentarmos às peculiaridades e particularidades da língua, seja ela qual for. Há casos, entretanto, em que atentar-se às minúcias é fundamental.

Há três termos não sinônimos em inglês, por exemplo, possible, probable e likely, cujas diferenças, por menores que sejam, podem gerar erros de interpretação. Tamanha minuciosidade que mesmo consultando-se esses termos nos dicionários, percebe-se certa confusão quanto ao entendimento de suas sutilezas.

A figura abaixo visa ilustrar, a partir de dados coletados de diversos dicionários e outras fontes confiáveis, as diferenças e particularidades de possible, probable e likely, para que se saiba exatamente quando cada um deles deve ser usado.

Em suma, possible está relacionado à capacidade de existência ou ocorrência de um fato ou circunstância; probable quanto à plausibilidade da ocorrência de um fato ou circunstância; e likely, além de sinônimo de probable, possui uma abrangência maior quanto à ocorrência de um fato ou circunstância, não se distinguindo, porém, de probable ao se traduzir para o português.

Para concluir, é possível conhecer todas as sutilezas da língua, mas pouco provável.

%d blogueiros gostam disto: